Escaroupim – Salvaterra de Magos

Um porto de Abrigo para os barcos no Tejo…

Tejo…
Tejo dos pescadores,
Tejo dos que te olham,
Dos que te admiram,
Dos que por ti chamam.

Tejo das barcaças,
Do sonho, das desgraças…
Tejo…
Dos que de ti vivem,
Dos que por ti passam.

Tejo pintado,
Tejo gravado, cansado!
Segues viagem…
Mas num ápice capto-te nesta tela,
E te prendo,
Para a prosperidade.
Tejo…
Saudade…

Rui Santos

3 pensamentos sobre “Escaroupim – Salvaterra de Magos

  1. Mais uma obra que vi nascer e crescer…Espero ver todas aquelas que fizeres durante a vida! Muitas, espero!Estamos do teu lado, tu sabes!Margarida&Beatriz

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s