Uma árvore em terras dos Távoras

Localizada junto ao Castelo de Mogadouro, esta árvore destaca-se na paisagem tanto na Pimavera cheia de folhas, assim como no Outono despida das mesmas. Uma paisagem com campos cultivados divididos por muros de pedra, onde a agricultura teima em persistir.
O Castelo de Mogadouro erguido no século XII, constituiu, nos alvores da nacionalidade, um importante ponto estratégico na defesa do norte de Portugal.
A Vila de Mogadouro e seu Castelo encontram-se figurados por Duarte de Armas (Livro das Fortalezas, c. 1509), quando se encontrava bem conservado. Eram nessa altura alcaides-mores da Vila os Távoras, que desde o séc. XV fizeram edificar um soberbo palácio, vindo a assumir importante papel na defesa de Trás-os-Montes ao final do séc. XVII, durante a Guerra da Restauração da Independência Portuguesa. Na segunda metade do séc.XVIII, diante do trágico destino dos Távoras, e com a perda da função defensiva, o castelo foi progressivamente abandonado, caindo em ruinas.
Felizmente tem sido palco de algumas obras de recuperação e conservação por forma a preservar o que ainda resta deste importante monumento na Vila de Mogadouro

Um pensamento sobre “Uma árvore em terras dos Távoras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s