Encerramento de exposição…

Exposições

Amanhã é o último dia da exposição “Gady” no Centro Cultural Elvino Pereira em Mação.

Tive o prazer de fazer várias visitas guiadas, como foi o caso dos alunos da Universidade Sénior de Mação e de algumas turmas do 1º Ciclo de Mação. Outros porque as pessoas me pediram para as acompanhar.

Foi entusiasmante e motivador poder explicar e dar a conhecer um pouco do meu trabalho e das minhas pinturas. Espero que tenham gostado!

O meu muito obrigado a todos, aqui ficam mais umas fotos da pequenada a trabalhar!

Abraço!

Anúncios

“Lucanus”

Trabalhos

“Lucanus”

Esta pintura, que fiz há poucos meses, retrata uma floresta de carvalhos e assim deveria ser em Portugal ao invés de termos as nossas terras cobertas de outras espécies, como o eucalipto.

Procurei pintar esta tela de forma natural e sem muito rigor, dando um ar irreal mas ao mesmo tempo objectivo de representação da natureza. Julgo ter criado contrastes interessantes, entre brancos, cinzas, ocres e amarelos, castanhos e pretos, contudo também me preocupei em criar alguma profundidade, pelas cores, árvores e troncos que construí.

Já o nome tem a ver com o ser que tentei transportar para a tela, desta forma expondo um problema actual em Portugal. Trata-se do maior escaravelho da Europa, conhecido por cá por “Vacaloura” cujo o nome cientifico é Lucanus cervus, daí o titulo desta pintura ser “Lucanus”.

Esta espécie de escaravelho está em perigo de extinção em Portugal, devido ao declínio dos carvalhais por opção humana. Esta espécie necessita de árvores já velhas o que aos pouco começa a rarear na paisagem… Trata-se do maior escaravelho europeu medindo cerca de 8cm…

Espero que gostem!

Abraço!

Gady

“Avatar”

Trabalhos

Este é um, de uma série de trabalhos, que terminei há cerca de um mês. O desenho esse já é bem antigo que surgiu num dia de inspiração mas da ideia que passou pela minha cabeça só apontei uns traços, depois ficou por ali adormecido. Mas desta feita resolvi transportá-lo para a tela.

O nome do desenho era o “Homem azul” mas depois de terminado preferi atribui-lhe o nome de “Avatar” não por causa do filme mas porque julgo que se pode relacionar pois quando o fiz queria colocar o homem como parte da natureza e como o significado de Avatar surge da religião Hindu.

A melhor definição vem de um antigo escrito indiano, Vedas:

Avatara, ou a encarnação da Divindade, descende do reinado divino pela criação e manutenção da manifestação em um corpo material. E essa forma singular da Personalidade da Divindade que então se apresenta é chamada de encarnação ou Avatara. Tais Personalidades estão situadas no mundo espiritual, o reinado divino. Quando Eles transcendem para a criação material, Eles assumem então o nome Avatara.” – Chantajar-charitatva 2.20.263 – 264.

Ao transportar o desenho para a tela fi-lo de forma descontraída, e embora me guiasse pelo “projecto”, fui imaginando e alguns contornos foram mudando, assim como as cores a usar, e assim a pintura foi ganhando a sua forma final.

Aqui estão umas fotografias do desenvolvimento deste trabalho.

Espero que gostem!

Abraço!

Gady

“À descoberta do mestre”

Exposições

Já venho um pouco atrasado, mas está a decorrer uma exposição relativa ao Concurso de Pintura “À descoberta do mestre” (II edição) promovida pelo Concelho do Sardoal, esta continuará em exposição no Centro Cultural Gil Vicente (Sardoal) até ao próximo dia 25 de Novembro.

Tenho lá um trabalho exposto com o titulo “Cristo”, queria fazer algo mais contemporâneo e acabou por ficar assim… (pintado a tinta acrílica sobre tela).

Aproveitem para visitar!

Aqui ficam algumas fotos da exposição:

Abraço!

Gady

Exposição de Pintura “Gady” no Centro Cultural Elvino Pereira

Exposições

E assim foi a inauguração da Exposição de Pintura “Gady” no Centro Cultural Elvino Pereira na vila de Mação.

Nunca tinha lá exposto, mas foi excelente. Uma sala muito dinâmica com muita luz e paredes movíveis.

Apresentei alguns trabalhos mais antigos, outros bastante recentes, pinturas a óleo, acrílico ou aguarela e guache, com temas surrealistas, naturalistas e alguns abstratos.

Fico sempre com a sensação de que poderia ter feito melhor.

Contei com a presença de muitos amigos e conhecidos, estou bastante grato a todos os presentes, muita gente não pode estar comigo pois nesta altura do ano é a altura da apanha da azeitona e esta não pode esperar, enquanto que a minha exposição pode, pois até dia 30 de Novembro lá permanecerá, por isso conto com a vossa visita.

No próximo dia 10 de Novembro estarei lá com os alunos da Universidade Sénior, o que será um prazer poder voltar a falar sobre este pequeno projecto.

Aqui ficam mais umas fotos:

Grande abraço!

Rui Santos “Gady”